segunda-feira, 25 de julho de 2011

Atenção

 

i1

 

Prezados Visitantes, as postagens das quartas-feiras são realizadas, a partir de agora, em nosso site no endereço eletrônico http://www.taf4consultoria.com.br/nosso-blog.php.

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Como podemos diminuir o consumo de energia?

 

 

i1Antigamente não havia tanta preocupação com o consumo de energia elétrica como hoje.

O primeiro passo para economizar energia é a troca das lâmpadas incandescentes (comuns) pelas fluorescentes.

Hoje todos procuram por eletrodomésticos que consumam menos energia.

Além das escolhas das lâmpadas, as pessoas devem levar em conta a sustentabilidade e também o planejamento da iluminação adequada para cada ambiente de sua casa.

As pessoas têm que pensar que o custo médio de energia é de R$ 0,50 kwh. Caso tenha optado pelo sistema incandescente, você gastará, em média, R$ 192,00 entre reposição de lâmpadas e eletricidade.

Mas se forem usadas lâmpadas fluorescentes, uma economia de aproximadamente R$ 55,00 estaria sendo feita em sua conta de luz.

E fazendo este tipo de mudança, perceberemos que esta atitude é válida para que tenhamos um planeta sustentável.

 

Referência Bibliográfica: www.vitrinenews.com.br.

 

 

 

i1Nosso blog tem o objetivo de trazer sempre postagens relacionadas ao dia a dia de nossos leitores, por isso convidamos você a participar, enviando comentários sobre  nossas postagens, ou sugestões de temas. Para comentar nossas postagens, clique no link COMENTÁRIOS abaixo. As sugestões podem ser enviadas para taf4consultoria@hotmail.com. Conheça o nosso novo site: www.taf4consultoria.com.br.

quinta-feira, 14 de julho de 2011

O que é LICENCIAMENTO AMBIENTAL?

 

LICENCIAMENTO AMBIENTAL

licambientalDe acordo com a Lei Estadual 7.772/80, alterada pela Lei 15.972/06, o licenciamento ambiental é o procedimento administrativo por meio do qual o poder público autoriza a instalação, ampliação, modificação e operação de atividades ou empreendimentos utilizadores de recursos ambientais considerados efetiva ou potencialmente poluidores.

Independente de ocorrer no âmbito da União, estados ou municípios, o processo de licenciamento ambiental é dividido em três etapas:

· Licença Prévia (LP): é concedida na fase preliminar de planejamento do empreendimento ou atividade aprovando, mediante fiscalização prévia obrigatória ao local, a localização e a concepção do empreendimento, bem como atestando a viabilidade ambiental e estabelecendo os requisitos básicos e condicionantes a serem atendidas nas próximas fases de sua implementação. Tem validade de até quatro anos.

· Licença de Instalação (LI): autoriza a instalação do empreendimento ou atividade de acordo com as especificações constantes dos planos, programas e projetos aprovados, incluindo as medidas de controle ambiental e demais condicionantes. Tem validade de até seis anos.

· Licença de Operação (LO): autoriza a operação da atividade ou empreendimento, após fiscalização prévia obrigatória para verificação do efetivo cumprimento do que consta das licenças anteriores, tal como as medidas de controle ambiental e as condicionantes porventura determinadas para a operação. É concedida com prazos de validade de quatro ou de seis anos estando, portanto, sujeita à revalidação periódica. A LO é passível de cancelamento, desde que configurada a situação prevista na norma legal.

A licença ambiental é um documento com prazo de validade definido no qual o órgão ambiental estabelece regras, condições, restrições e medidas de controle ambiental a serem seguidas pela atividade que está sendo licenciada. Ao receber a Licença Ambiental, o empreendedor assume os compromissos para a manutenção da qualidade ambiental do local em que se instala.

FONTE: http://www.feam.br/licenciamento

Percebe-se assim, que o licenciamento ambiental é uma importante ferramenta que auxilia na manutenção do meio ambiente ecologicamente equilibrado. Ao disciplinar e traçar diretrizes de como os empreendimentos deve conduzir a exploração dos recursos naturais, contribui para a efetivação do almejado desenvolvimento sustentável.

O licenciamento ambiental é um instrumento que o poder público tem para controlar as atividades potencialmente poluidoras/degradadoras, mas é necessário que a população participe desse processo durante sua fase de tramitação e atue como um “fiscal do meio ambiente” após a instalação dos empreendimentos, visando manter a qualidade de vida da sociedade e a preservação do meio em que vive.

Por isso, é valido lembrar que o meio ambiente não é formado somente pelos recursos naturais. É também a nossa casa, nossa escola, nossa cidade, o espaço em que vivemos enfim e que não é função apenas do poder público preservá-lo, conforme consta no caput do artigo 225 da CF/88.

icone_informacaoNosso blog tem o objetivo de trazer sempre postagens relacionadas ao dia a dia de nossos leitores, por isso convidamos você a participar, enviando comentários sobre  nossas postagens, ou sugestões de temas. Para comentar nossas postagens, clique no link COMENTÁRIOS abaixo. As sugestões podem ser enviadas para taf4consultoria@hotmail.com. Conheça o nosso novo site: www.taf4consultoria.com.br

sexta-feira, 8 de julho de 2011

Qual a importância do Marketing Verde?

 

i1O crescimento populacional em escala mundial tem aumentado vertiginosamente nos últimos anos; e o consumo cresce de maneira mais acelerada ainda. Esses fatores contribuem para uma maior demanda nos meios de produção, que se atrelam à problemática da escassez de recursos naturais, e dos efeitos que esse processo de superprodução pode desencadear no meio ambiente. Assim surgiu a preocupação e a necessidade de mudanças de atitudes tanto no setor produtivo quanto no setor de consumo final.

A conscientização dos consumidores em relação ao meio ambiente vem crescendo a cada dia, obrigando as empresas a se adaptarem para garantir que seus produtos permaneçam no mercado. O consumidor tem prestado mais atenção nos rótulos dos produtos no que tange a informações acerca da empresa fabricante, e se esta adota técnicas de produção ecologicamente corretas.

Isso tornou necessário que os fabricantes se reorganizassem e adotassem novos meios que visassem atender as novas exigências do consumidor, e uma dessas medidas exigências foi à utilização do marketing ambiental como ferramenta de crescimento de vendas e fidelização de clientes.

Para Churchill (2003, p. 4), "Marketing é o desenvolvimento de trocas em que as organizações e clientes participam voluntariamente de transações destinadas a trazer benefícios para ambos". Já o marketing ambiental pode ser definido como um gestor que busca antever as exigências ambientais dos consumidores, mantendo a margem de lucro empresarial sustentável, ou seja, o marketing ambiental, também chamado de "Marketing Verde", é destinado a minimizar os efeitos negativos sobre o ambiente físico ou melhorar a sua qualidade.

A grande vantagem da adoção do Marketing Verde dentro de uma empresa é que esse processo não se resume apenas nas propagandas dos produtos finais, pois para denominar-se verde, a empresa tem de adotar uma série de medidas que visam à produção sobre os padrões do Sistema de Gestão Ambiental.

 

 

 

 

i1Nosso blog tem o objetivo de trazer sempre postagens relacionadas ao dia a dia de nossos leitores, por isso convidamos você a participar, enviando comentários sobre  nossas postagens, ou sugestões de temas. Para comentar nossas postagens, clique no link COMENTÁRIOS abaixo.As sugestões podem ser enviadas para taf4consultoria@hotmail.com. Conheça o nosso novo site: www.taf4consultoria.com.br

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Qual a importância da coleta seletiva para o planeta?

 

 

images

A questão do lixo que é produzido nas casas e indústrias é algo preocupante nas cidades.

Já o lixo de hospitais, é um caso diferente, pois tem que ser incinerado.

Os lixos mais conhecidos são: papéis, plásticos, metais e vidros.

Como em algumas cidades não há coleta seletiva, a população deve procurar a prefeitura para que passe a haver este tipo de coleta domiciliar.

Mas o que é coleta seletiva? É o tipo de coleta que separa o lixo de acordo com sua categoria.

Este cuidado na separação do lixo preserva o meio ambiente para o futuro.

 

 

 

i1Nosso blog tem o objetivo de trazer sempre postagens relacionadas ao dia a dia de nossos leitores, por isso convidamos você a participar, enviando comentários sobre  nossas postagens, ou sugestões de temas. Para comentar nossas postagens, clique no link COMENTÁRIOS abaixo.As sugestões podem ser enviadas para taf4consultoria@hotmail.com. Conheça o nosso novo site: www.taf4consultoria.com.br

terça-feira, 5 de julho de 2011

Em busca de alternativas sustentáveis

 

i2Muitas inovações são observadas em outros países visando preservar o meio ambiente: a Alemanha usa o esgoto para fazer eletricidade. Quer coisa mais econômica?

Está notícia é antiga. Muitos cidadãos, ao longo do tempo, já provaram que o esgoto e o estrume são fontes de energia.

No Rio Grande do Sul, os agricultores mantinham seus tanques cheios de estrumes para gerar a energia que consumiam.

A Alemanha agora é um país desenvolvido, pois possui uma tecnologia viável.

Com tal inovação, a população gasta menos com energia elétrica, os rios ficam limpos e não há emissão de gases que provocam o efeito estufa. Este é um tipo de projeto que todos ganham e a natureza agradece.

Os resíduos líquidos passam por um processo de purificação, sendo devolvidos como água limpa para o rio.

Os resíduos sólidos, uma vez que liberam gás metano depois de secos, são incinerados e transferidos para uma usina termoelétrica.

 

 

i1Nosso blog tem o objetivo de trazer sempre postagens relacionadas ao dia a dia de nossos leitores, por isso convidamos você a participar, enviando comentários sobre  nossas postagens, ou sugestões de temas. Para comentar nossas postagens, clique no link COMENTÁRIOS abaixo.As sugestões podem ser enviadas para taf4consultoria@hotmail.com. Conheça o nosso novo site: www.taf4consultoria.com.br